Retrospecto Corinthiano


NOVO ENDEREÇO

O RETROSPECTO CORINTHIANO AGORA ESTÁ EM NOVO ENDEREÇO:

VISITE WWW.RETROSPECTOCORINTHIANO.COM.BR



 Escrito por Ricardo às 09h23 [] [envie esta mensagem] []






Jogo 5.533

1 x 2
O jogo do Corinthians definitivamente não está encaixando com o do Santos em 2015. O Timão começou o confronto de ontem à noite (26/08, quarta-feira) pressionando o freguês da Vila, como era de se esperar, mas pecou pela falta de criatividade ofensiva e sucumbiu em dois contra-ataques na partida de volta das oitavas-de-final da Copa do Brasil.

Toda eliminação é triste, ainda mais por ter sido a terceira seguida ocorrida na nova casa. Mas não se deve permitir que isso cause tensão, já que o Timão lidera o Campeonato Brasileiro e tem apresentado um futebol consistente nas últimas rodadas.

Contra o Santos:
Pela Copa do Brasil: 2 jogos, 2 derrotas, 1 gol pró, 4 gols contra.

Artilheiro do jogo:
Romero.

O Corinthians em 2015:
53 jogos, 33 vitórias, 11 empates, 9 derrotas, 82 gols pró, 39 gols contra.

Sob o comando de Tite:
325 jogos, 164 vitórias, 97 empates, 64 derrotas.

Artilheiros em 2015:
12 gols: Paolo Guerrero; 11 gols: Jádson; 8 gols: Luciano; 7 gols: Vágner Love e Elias; 4 gols: Malcom, Felipe e Danilo; 3 gols: Renato Augusto, Mendoza, Fábio Santos e Emerson Sheik; 2 gols: Romero, Petros e Fágner; 1 gol: Gil, Rodriguinho, Uendel, Bruno Henrique, Yago e Cristian. Contra: Samuel Xavier, do Sport Recife, na vitória alvinegra por 4 x 3 em 12/08/2015.

Na Arena Corinthians:
44 jogos, 31 vitórias, 9 empates, 4 derrotas, 87 gols pró, 31 gols contra.

Na história da Copa do Brasil:
129 jogos, 69 vitórias (39 em casa; 30 fora), 28 empates (10c; 18f), 32 derrotas (10c; 22f), 229 gols a favor, 122 gols contra.

O Corinthians em 104 anos de história:
5.533 jogos*; 2.889 vitórias; 1.368 empates; 1.259 derrotas; 10.549 gols pró; 6.383 gols contra. Saldo: +4.166 gols.

*Dos jogos disputados pelo Corinthians desde 1910, há 15 partidas cujos resultados não foram registrados e continuam desconhecidos até hoje.

Acompanhe o Retrospecto Corinthiano no Twitter: @retrospectimao.

Siga o Retrospecto Corinthiano no Facebook.



 Escrito por Ricardo às 14h49 [] [envie esta mensagem] []






Jogo 5.531

2 x 0
Corinthians e Santos travaram na última quarta-feira (18/08) o primeiro confronto da história entre os dois clubes válido pela Copa do Brasil.

O Santos levou a melhor no jogo disputado na Vila Belmiro e saiu na frente na disputa por uma vagas nas quartas-de-final. Mais que isso, sagrou-se o segundo time na história a chegar a 100 vitórias sobre o Corinthians. Ruim pela derrota, mas bom pra ajudar a dar a dimensão da histórica freguesia santista. Que o Timão coloque os pingos nos is no jogo de volta.

A verdadeira má notícia é a lesão do atacante Luciano, que vinha aproveitando a oportunidade como titular e não deve jogar mais este ano.



 Escrito por Ricardo às 21h55 [] [envie esta mensagem] []






Jogo 5.530

1 x 2 
O atacante Luciano marcou dois bonitos gols anteontem (domingo, 16/08) em Florianópolis e garantiu ao Corinthians o título simbólico de campeão do primeiro turno do Campeonato Brasileiro.

O Avaí, dono da casa, até abriu o placar, mas não resistiu à titebilidade e cedeu a virada. No fim, Cássio fez uma sequência excepcional de defesas, coisa rara nos últimos tempos, e assegurou a vitória.

E assim o Timão, que até duas rodadas atrás perseguia o Atlético Mineiro, agora tem quatro pontos de vantagem sobre o vice-líder.

Sobre o segundo turno, é importante notar que o Corinthians fará dez jogos em casa e nove fora, enquanto o Atlético jogará nove em casa e dez fora.

Além disso, o Timão receberá em Itaquera prováveis rivais diretos na disputa pelo título, como o Grêmio e o São Paulo.

Vamos ver como o Corinthians se comporta diante de tal situação.

Contra o Avaí:
Retrospecto geral: 10 jogos, 5 vitórias, 2 empates, 3 derrotas, 21 gols pró, 17 gols contra.

Artilheiro do jogo:
Luciano (2).



 Escrito por Ricardo às 20h48 [] [envie esta mensagem] []






Jogo 5.528

1 x 1
O Corinthians mais uma vez saiu na frente jogando fora de casa, mas novamente recuou demais e cedeu o empate, desta vez para o São Paulo, na tarde deste domingo no Morumbi.

Sim, é bom empatar fora de casa, mas com um pouquinho mais de gana de vencer - e talvez nem precisasse ser tanta assim - o Corinthians já teria passado o Atlético Mineiro.

Contra o São Paulo:
No Morumbi: 139 jogos, 49 vitórias, 55 empates, 35 derrotas, 163 gols pró, 152 gols contra.

Artilheiro do jogo:
Luciano
.

O Corinthians em 2015:
48 jogos, 30 vitórias, 11 empates, 7 derrotas, 72 gols pró, 31 gols contra.

Sob o comando de Tite:
320 jogos, 161 vitórias, 97 empates, 62 derrotas.

Artilheiros em 2015:
12 gols: Paolo Guerrero; 9 gols: Jádson; 7 gols: Elias; 5 gols: Vágner Love; 4 gols: Luciano, Felipe, Malcom e Danilo; 3 gols: Renato Augusto, Mendoza, Fábio Santos e Emerson Sheik; 2 gols: Petros e Fágner; 1 gol: Gil, Rodriguinho, Uendel, Romero, Bruno Henrique, Yago e Cristian.

O Corinthians no Morumbi:
538 jogos, 210 vitórias, 189 empates, 139 derrotas, 709 gols pró, 571 gols contra.

Na história do Campeonato Brasileiro (inclusive Torneio Roberto Gomes Pedrosa):
1.272 jogos; 545 vitórias; 374 empates; 353 derrotas; 1.684 gols pró; 1.348 gols contra. No Robertão (1967-1970): 72 jogos; 37 vitórias; 17 empates; 18 derrotas; 106 gols pró; 76 gols contra. No Brasileirão (1971-2013): 1.200 jogos; 508 vitórias; 357 empates; 335 derrotas; 1.579 gols pró; 1.272 gols contra.

O Corinthians em 104 anos de história:
5.528 jogos*; 2.886 vitórias; 1.368 empates; 1.257 derrotas; 10.539 gols pró; 6.375 gols contra. Saldo: +4.164 gols.

*Dos jogos disputados pelo Corinthians desde 1910, há 15 partidas cujos resultados não foram registrados e continuam desconhecidos até hoje.

Acompanhe o Retrospecto Corinthiano no Twitter: @retrospectimao.

Siga o Retrospecto Corinthiano no Facebook.



 Escrito por Ricardo às 20h26 [] [envie esta mensagem] []






Jogo 5.527

3 x 0
O Corinthians voltou a Itaquera na noite desta quarta-feira e conquistou sua décima vitória no Campeonato Brasileiro deste ano, mantendo-se na cola do Atlético Mineiro apesar do tropeço do fim de semana.

Sério candidato a um novo rebaixamento, o Vasco da Gama, como era de se esperar, resistiu bravamente durante o primeiro tempo.

Logo no início da segunda etapa, porém, Renato Augusto abriu o marcador e a porteira. Gil e Elias completaram o placar com bonitos gols.

O Timão ainda erra muitos passes e a presença de Bruno Henrique no lugar de Ralf me incomoda, mas o time é brigador e os resultados estão vindo.

Artilheiros do jogo:
Renato Augusto, Gil e Elias.

O Corinthians em 2015:
47 jogos, 30 vitórias, 10 empates, 7 derrotas, 71 gols pró, 30 gols contra.

Sob o comando de Tite:
319 jogos, 161 vitórias, 96 empates, 62 derrotas.

Artilheiros em 2015:
12 gols: Paolo Guerrero; 9 gols: Jádson; 7 gols: Elias; 5 gols: Vágner Love; 4 gols: Felipe, Malcom e Danilo; 3 gols: Renato Augusto, Mendoza, Fábio Santos, Emerson Sheik e Luciano; 2 gols: Petros e Fágner; 1 gol: Gil, Rodriguinho, Uendel, Romero, Bruno Henrique, Yago e Cristian.

Na Arena Corinthians:
41 jogos, 29 vitórias, 9 empates, 3 derrotas, 79 gols pró, 26 gols contra.

Na história do Campeonato Brasileiro (inclusive Torneio Roberto Gomes Pedrosa):
1.271 jogos; 545 vitórias; 373 empates; 353 derrotas; 1.683 gols pró; 1.347 gols contra. No Robertão (1967-1970): 72 jogos; 37 vitórias; 17 empates; 18 derrotas; 106 gols pró; 76 gols contra. No Brasileirão (1971-2013): 1.199 jogos; 508 vitórias; 356 empates; 335 derrotas; 1.578 gols pró; 1.271 gols contra.

O Corinthians em 104 anos de história:
5.527 jogos*; 2.886 vitórias; 1.367 empates; 1.257 derrotas; 10.538 gols pró; 6.374 gols contra. Saldo: +4.164 gols.

*Dos jogos disputados pelo Corinthians desde 1910, há 15 partidas cujos resultados não foram registrados e continuam desconhecidos até hoje.

Acompanhe o Retrospecto Corinthiano no Twitter: @retrospectimao.

Siga o Retrospecto Corinthiano no Facebook.



 Escrito por Ricardo às 23h55 [] [envie esta mensagem] []






Jogo 5.526

1 x 1
O Corinthians deixou o Atlético Mineiro isolar-se na liderança do Campeonato Brasileiro ao ceder, já nos acréscimos, o empate ao desesperado Coritiba na tarde deste domingo.

Mesmo jogando na casa do adversário, o Timão controlou praticamente todo o jogo, abriu o placar no fim do primeiro tempo e por pouco não ampliou no início da etapa complementar.

Na zona do rebaixamento, o Coritiba partiu para o tudo ou nada enquanto o Corinthians se propôs a explorar o contra-ataque.

O problema alvinegro foi excessivo número de passes errados. E o adversário, que pouco criou durante o jogo, aproveitou uma desatenção da defesa já nos acréscimos para empatar.

Por mais capacidade que tenha de controlar e cadenciar as partidas, o Corinthians insiste em jogar por placares magros. E, ainda que esteja fazendo uma boa campanha, é pouco para quem quer brigar por título.

Não adianta esperar que os adversários mais frágeis vão abrir as pernas como fazem quando enfrentam os rivais do Timão na disputa pelo título. Contra o Corinthians os adversários sempre fazem questão de correr mais e lutam até o último minuto, coisa que os jogadores que vestem o sagrado manto alvinegro deveriam saber muito bem.

E para quem gosta de estatísticas, este é o terceiro empate consecutivo em um confronto no qual o empate é o mais raro entre todos os resultados.

Artilheiro do jogo:
Felipe.

O Corinthians em 2015:
46 jogos, 29 vitórias, 10 empates, 7 derrotas, 68 gols pró, 30 gols contra.

Sob o comando de Tite:
318 jogos, 160 vitórias, 96 empates, 62 derrotas.

Artilheiros em 2015:
12 gols: Paolo Guerrero; 9 gols: Jádson; 6 gols: Elias; 5 gols: Vágner Love; 4 gols: Felipe, Malcom e Danilo; 3 gols: Mendoza, Fábio Santos, Emerson Sheik e Luciano; 2 gols: Renato Augusto, Petros e Fágner; 1 gol: Rodriguinho, Uendel, Romero, Bruno Henrique, Yago e Cristian.

Na história do Campeonato Brasileiro (inclusive Torneio Roberto Gomes Pedrosa):
1.270 jogos; 544 vitórias; 373 empates; 353 derrotas; 1.682 gols pró; 1.347 gols contra. No Robertão (1967-1970): 72 jogos; 37 vitórias; 17 empates; 18 derrotas; 106 gols pró; 76 gols contra. No Brasileirão (1971-2013): 1.198 jogos; 507 vitórias; 356 empates; 335 derrotas; 1.575 gols pró; 1.271 gols contra.

O Corinthians em 104 anos de história:
5.526 jogos*; 2.885 vitórias; 1.367 empates; 1.257 derrotas; 10.535 gols pró; 6.374 gols contra. Saldo: +4.161 gols.

*Dos jogos disputados pelo Corinthians desde 1910, há 15 partidas cujos resultados não foram registrados e continuam desconhecidos até hoje.

Acompanhe o Retrospecto Corinthiano no Twitter: @retrospectimao.

Siga o Retrospecto Corinthiano no Facebook.



 Escrito por Ricardo às 20h06 [] [envie esta mensagem] []






Jogo 5.525

0 x 1
O Corinthians foi passear em Natal na noite desta quarta-feira para participar de um amistoso em comemoração ao centenário do ABC.

Com exceção do goleiro Válter, o técnico Tite levou apenas atletas recém-promovidos da base e jogadores que não têm atuado com frequência no time titular.

O Timão venceu por 1 x 0, em pênalti convertido por Rodriguinho no fim do primeiro tempo, e em nenhum momento viu sua superioridade ameaçada.

Mesmo assim, Romero e Mendoza uma vez mais esforçaram-se em provar que não têm a menor condição de vestir o manto alvinegro.

Ainda bem que temos a base.

Contra o ABC:
Retrospecto geral: 6 jogos, 6 vitórias, 14 gols pró, nenhum gol contra.

Artilheiro do jogo:
Rodriguinho.

O Corinthians em 2015:
45 jogos, 29 vitórias, 9 empates, 7 derrotas, 67 gols pró, 29 gols contra.

Sob o comando de Tite:
317 jogos, 160 vitórias, 95 empates, 62 derrotas.

Artilheiros em 2015:
12 gols: Paolo Guerrero; 9 gols: Jádson; 6 gols: Elias; 5 gols: Vágner Love; 4 gols: Malcom e Danilo; 3 gols: Mendoza, Fábio Santos, Felipe, Emerson Sheik e Luciano; 2 gols: Renato Augusto, Petros e Fágner; 1 gol: Rodriguinho, Uendel, Romero, Bruno Henrique, Yago e Cristian.

O Corinthians em 104 anos de história:
5.525 jogos*; 2.885 vitórias; 1.368 empates; 1.257 derrotas; 10.534 gols pró; 6.373 gols contra. Saldo: +4.161 gols.

*Dos jogos disputados pelo Corinthians desde 1910, há 15 partidas cujos resultados não foram registrados e continuam desconhecidos até hoje.

Acompanhe o Retrospecto Corinthiano no Twitter: @retrospectimao.

Siga o Retrospecto Corinthiano no Facebook.



 Escrito por Ricardo às 21h45 [] [envie esta mensagem] []






Jogo 5.523

0 x 3
O Corinthians foi ao Rio de Janeiro neste domingo, obteve uma impressionante vitória sobre o Flamengo e quebrou uma série de tabus no Maracanã.

Se nos últimos tempos qualquer vitória pela contagem mínima tem sido comemorada como grande feito, um resultado de 3 x 0 fora de casa contra o Flamengo vale quase tanto quanto o 7 x 1 de dez anos atrás sobre o San7os, guardadas sempre as devidas proporções.

Os fatos são que Elias parece estar voltando à velha forma, Jádson fez seu sexto gol em oito jogos e o Timão quebrou uma série de tabus ao derrotar o rubro-negro carioca neste domingo.

A vitória de hoje foi a primeira do Corinthians no novo Maracanã. O último triunfo havia ocorrido em 2007, contra o Botafogo. Também foi a primeira vitória alvinegra sobre o Flamengo no Maracanã desde 2002.

De quebra, o Corinthians confirmou sua oitava vitória nos últimos 12 jogos contra o Flamengo e reassumiu a dianteira no equilibrado retrospecto do confronto com o clube carioca.

Seja como for, é sempre prudente lembrar que está bom, mas pode melhorar.

Artilheiros do jogo:
Elias, Uendel e Jádson.

O Corinthians em 2015:
43 jogos, 27 vitórias, 9 empates, 7 derrotas, 65 gols pró, 29 gols contra.

Sob o comando de Tite:
315 jogos, 158 vitórias, 95 empates, 62 derrotas.

Artilheiros em 2015:
12 gols: Paolo Guerrero; 9 gols: Jádson; 6 gols: Elias; 5 gols: Vágner Love; 4 gols: Danilo; 3 gols: Mendoza, Fábio Santos, Felipe, Emerson Sheik, Malcom e Luciano; 2 gols: Renato Augusto, Petros e Fágner; 1 gol: Uendel, Romero, Bruno Henrique, Yago e Cristian.

O Corinthians no Maracanã:
134 jogos, 39 vitórias, 29 empates, 66 derrotas, 157 gols pró, 215 gols contra.

Na história do Campeonato Brasileiro (inclusive Torneio Roberto Gomes Pedrosa):
1.268 jogos; 543 vitórias; 372 empates; 353 derrotas; 1.680 gols pró; 1.346 gols contra. No Robertão (1967-1970): 72 jogos; 37 vitórias; 17 empates; 18 derrotas; 106 gols pró; 76 gols contra. No Brasileirão (1971-2013): 1.196 jogos; 506 vitórias; 355 empates; 335 derrotas; 1.573 gols pró; 1.270 gols contra.

O Corinthians em 104 anos de história:
5.523 jogos*; 2.883 vitórias; 1.368 empates; 1.257 derrotas; 10.532 gols pró; 6.373 gols contra. Saldo: +4.159 gols.

*Dos jogos disputados pelo Corinthians desde 1910, há 15 partidas cujos resultados não foram registrados e continuam desconhecidos até hoje.

Acompanhe o Retrospecto Corinthiano no Twitter: @retrospectimao.

Siga o Retrospecto Corinthiano no Facebook.



 Escrito por Ricardo às 18h18 [] [envie esta mensagem] []






Jogo 5.522

2 x 0
Depois de emperrar contra o Goiás no fim de semana, o ataque corinthiano voltou a funcionar na noite desta quinta-feira em Itaquera.

O Timão bateu o Atlético Paranaense por 2 x 0, mais uma vez conduzido por Jádson, e voltou para o G-4. Foi o primeiro confronto entre os dois clubes na nova casa alvinegra.

Jádson deu o passe para o gol de Elias no primeiro tempo e na etapa complementar marcou seu quarto gol em seis jogos.

Vale observar que Jádson balançou as redes nos últimos quatro jogos do Timão em Itaquera.

Artilheiros do jogo:
Elias e Jádson.

O Corinthians em 2015:
42 jogos, 26 vitórias, 9 empates, 7 derrotas, 62 gols pró, 29 gols contra.

Sob o comando de Tite:
314 jogos, 157 vitórias, 95 empates, 62 derrotas.

Artilheiros em 2015:
12 gols: Paolo Guerrero; 8 gols: Jádson; 5 gols: Elias e Vágner Love; 4 gols: Danilo; 3 gols: Mendoza, Fábio Santos, Felipe, Emerson Sheik, Malcom e Luciano; 2 gols: Renato Augusto, Petros e Fágner; 1 gol: Romero, Bruno Henrique, Yago e Cristian.

Na Arena Corinthians:
39 jogos, 27 vitórias, 9 empates, 3 derrotas, 75 gols pró, 26 gols contra.

Na história do Campeonato Brasileiro (inclusive Torneio Roberto Gomes Pedrosa):
1.267 jogos; 542 vitórias; 372 empates; 353 derrotas; 1.677 gols pró; 1.346 gols contra. No Robertão (1967-1970): 72 jogos; 37 vitórias; 17 empates; 18 derrotas; 106 gols pró; 76 gols contra. No Brasileirão (1971-2013): 1.195 jogos; 505 vitórias; 355 empates; 335 derrotas; 1.570 gols pró; 1.270 gols contra.

O Corinthians em 104 anos de história:
5.522 jogos*; 2.882 vitórias; 1.368 empates; 1.257 derrotas; 10.529 gols pró; 6.373 gols contra. Saldo: +4.156 gols.

*Dos jogos disputados pelo Corinthians desde 1910, há 15 partidas cujos resultados não foram registrados e continuam desconhecidos até hoje.

Acompanhe o Retrospecto Corinthiano no Twitter: @retrospectimao.

Siga o Retrospecto Corinthiano no Facebook.



 Escrito por Ricardo às 21h45 [] [envie esta mensagem] []






Jogo 5.521

0 x 0
O Corinthians foi ao Serra Dourada neste domingo e ficou no empate por 0 x 0 com o Goiás, desperdiçando excelente oportunidade de voltar a figurar no G-4.

Empates sem gols normalmente são chatos, mas o 0 x 0 de hoje foi movimentado, bem jogado e com diversas oportunidades perdidas.

Se o placar não se movimentou foi mais pela falta de pontaria dos atacantes, especialmente os corinthianos, do que por outros motivos.

O placar até poderia ter-se movido se dois pênaltis, um para o Corinthians e outro para o Goiás, tivessem sido assinalados (e eventualmente convertidos), mas Héber Roberto Lopes preferiu ignorá-los.

E por falar em Héber Roberto Lopes, o Corinthians atingiu hoje a impressionante marca de dez jogos seguidos sem vencer com o apitador em questão. Sinto cheiro de Amarilla nesta curiosa estatística.

Contra o Goiás:
Retrospecto geral: 48 jogos, 17 vitórias, 18 empates, 13 derrotas, 72 gols pró, 52 gols contra.
Campeonato Brasileiro: 43 jogos, 14 vitórias, 17 empates, 12 derrotas, 60 gols pró, 47 gols contra.

O Corinthians em 2015:
41 jogos, 25 vitórias, 9 empates, 7 derrotas, 60 gols pró, 29 gols contra.

Sob o comando de Tite:
313 jogos, 156 vitórias, 95 empates, 62 derrotas.

Artilheiros em 2015:
12 gols: Paolo Guerrero; 7 gols: Jádson; 5 gols: Vágner Love; 4 gols: Danilo e Elias; 3 gols: Mendoza, Fábio Santos, Felipe, Emerson Sheik, Malcom e Luciano; 2 gols: Renato Augusto, Petros e Fágner; 1 gol: Romero, Bruno Henrique, Yago e Cristian.

Na história do Campeonato Brasileiro (inclusive Torneio Roberto Gomes Pedrosa):
1.266 jogos; 541 vitórias; 372 empates; 353 derrotas; 1.675 gols pró; 1.346 gols contra. No Robertão (1967-1970): 72 jogos; 37 vitórias; 17 empates; 18 derrotas; 106 gols pró; 76 gols contra. No Brasileirão (1971-2013): 1.194 jogos; 504 vitórias; 355 empates; 335 derrotas; 1.568 gols pró; 1.270 gols contra.

O Corinthians em 104 anos de história:
5.521 jogos*; 2.881 vitórias; 1.368 empates; 1.257 derrotas; 10.527 gols pró; 6.373 gols contra. Saldo: +4.154 gols.

*Dos jogos disputados pelo Corinthians desde 1910, há 15 partidas cujos resultados não foram registrados e continuam desconhecidos até hoje.

Acompanhe o Retrospecto Corinthiano no Twitter: @retrospectimao.

Siga o Retrospecto Corinthiano no Facebook.



 Escrito por Ricardo às 18h50 [] [envie esta mensagem] []






Jogo 5.520

2 x 0
Jádson e Vágner Love fizeram a dobradinha pelo terceiro jogo seguido em Itaquera. A vítima da dupla na noite desta quinta-feira foi a Ponte Preta.

Nos últimos quatro jogos do Timão, três deles disputados na nova casa, Jádson e Vágner marcaram três gols cada.

Corinthians e Ponte jogaram um primeiro tempo de altíssimo nível, com inúmeras oportunidades criadas, mas Jádson abriu o placar apenas nos minutos finais.

O Timão voltou bem para a segunda etapa e logo desperdiçou uma boa chance de ampliar, mas não demorou a recuar diante da pressão do bom time da Ponte.

No fim, depois de o árbitro dar oito minutos de acréscimo, Vágner deixou sua marca ao 50 do segundo tempo e deu números finais ao placar.

Para um time em reconstrução em pleno voo, o Corinthians até que vai bem no Campeonato Brasileiro.

Artilheiros do jogo:
Jádson e Vágner Love.

O Corinthians em 2015:
40 jogos, 25 vitórias, 8 empates, 7 derrotas, 60 gols pró, 29 gols contra.

Sob o comando de Tite:
312 jogos, 156 vitórias, 94 empates, 62 derrotas.

Artilheiros em 2015:
12 gols: Paolo Guerrero; 7 gols: Jádson; 5 gols: Vágner Love; 4 gols: Danilo e Elias; 3 gols: Mendoza, Fábio Santos, Felipe, Emerson Sheik, Malcom e Luciano; 2 gols: Renato Augusto, Petros e Fágner; 1 gol: Romero, Bruno Henrique, Yago e Cristian.

Na Arena Corinthians:
38 jogos, 26 vitórias, 9 empates, 3 derrotas, 73 gols pró, 26 gols contra.

Na história do Campeonato Brasileiro (inclusive Torneio Roberto Gomes Pedrosa):
1.265 jogos; 541 vitórias; 371 empates; 353 derrotas; 1.675 gols pró; 1.346 gols contra. No Robertão (1967-1970): 72 jogos; 37 vitórias; 17 empates; 18 derrotas; 106 gols pró; 76 gols contra. No Brasileirão (1971-2013): 1.193 jogos; 504 vitórias; 354 empates; 335 derrotas; 1.568 gols pró; 1.270 gols contra.

O Corinthians em 104 anos de história:
5.520 jogos*; 2.881 vitórias; 1.367 empates; 1.257 derrotas; 10.527 gols pró; 6.373 gols contra. Saldo: +4.154 gols.

*Dos jogos disputados pelo Corinthians desde 1910, há 15 partidas cujos resultados não foram registrados e continuam desconhecidos até hoje.

Acompanhe o Retrospecto Corinthiano no Twitter: @retrospectimao.

Siga o Retrospecto Corinthiano no Facebook.



 Escrito por Ricardo às 21h43 [] [envie esta mensagem] []






Jogo 5.518

1 x 0
Depois de ter passado muito tempo dando alegrias à Fiel nos confrontos contra seus mais tradicionais rivais, o Corinthians perdeu neste sábado para o Santos na Vila Belmiro, pela contagem mínima, e completou uma sequência indigesta, saindo derrotado dos últimos jogos disputados contra Palmeiras, São Paulo e Santos.

Pode-se argumentar que o Corinthians mandou duas bolas na trave e teve um pênalti claro não assinalado pela arbitragem na tarde de hoje, mas já diz a canção que bola na trave não altera o placar e a arbitragem, na dúvida, apita sempre a favor do adversário.

Tudo indica que essa reformulação forçada pela incompetência da diretoria vai continuar dando dor de cabeça para a torcida ainda por algum tempo.

O Corinthians em 2015:
38 jogos, 23 vitórias, 8 empates, 7 derrotas, 56 gols pró, 28 gols contra.

Sob o comando de Tite:
310 jogos, 154 vitórias, 94 empates, 62 derrotas.

Artilheiros em 2015:
12 gols: Paolo Guerrero; 5 gols: Jádson; 4 gols: Danilo e Elias; 3 gols: Vágner Love, Mendoza, Fábio Santos, Felipe, Emerson Sheik, Malcom e Luciano; 2 gols: Renato Augusto, Petros e Fágner; 1 gol: Romero, Bruno Henrique, Yago e Cristian.

O Corinthians na Vila Belmiro:
123 jogos, 46 vitórias, 29 empates, 48 derrotas, 220 gols pró e 219 gols contra.

Na história do Campeonato Brasileiro (inclusive Torneio Roberto Gomes Pedrosa):
1.263 jogos; 539 vitórias; 371 empates; 353 derrotas; 1.671 gols pró; 1.345 gols contra. No Robertão (1967-1970): 72 jogos; 37 vitórias; 17 empates; 18 derrotas; 106 gols pró; 76 gols contra. No Brasileirão (1971-2013): 1.191 jogos; 502 vitórias; 354 empates; 335 derrotas; 1.564 gols pró; 1.269 gols contra.

O Corinthians em 104 anos de história:
5.518 jogos*; 2.879 vitórias; 1.367 empates; 1.257 derrotas; 10.523 gols pró; 6.372 gols contra. Saldo: +4.151 gols.

*Dos jogos disputados pelo Corinthians desde 1910, há 15 partidas cujos resultados não foram registrados e continuam desconhecidos até hoje.

Acompanhe o Retrospecto Corinthiano no Twitter: @retrospectimao.

Siga o Retrospecto Corinthiano no Facebook.



 Escrito por Ricardo às 18h50 [] [envie esta mensagem] []






Jogo 5.517

2 x 1
Nilmar, mais uma vez, demonstrou toda sua ingratidão ao abrir o placar na tarde de ontem (sábado, 13/06) para o Internacional no fim do primeiro tempo em Itaquera.

Só que se na etapa inicial o Corinthians foi incapaz de converter sua superioridade em gols, a história foi diferente no segundo tempo. De falta, longe das atuações medonhas dos últimos jogos, Jádson empatou. Depois, Vágner Love desencantou em um rebote derivado de uma jogada sensacional de Renato Augusto e fez seu primeiro gol em Itaquera.

E assim, pelo terceiro jogo seguido, o Corinthians ganha de 2 x 1 do Inter. Ao mesmo tempo, põe fim a uma inesperada e inaceitável sequência de quatro jogos sem vencer em Itaquera.

A torcida chorolada, enquanto isso, reclama de uma bola na mão. Então põe lá no DVD.

Contra o Internacional:
Em Itaquera: 2 jogos, 2 vitórias, 4 gols pró, 2 gols contra.

Artilheiros do jogo:
Jádson e Vágner Love.

O Corinthians em 2015:
37 jogos, 23 vitórias, 8 empates, 6 derrotas, 56 gols pró, 27 gols contra.

Sob o comando de Tite:
309 jogos, 154 vitórias, 94 empates, 61 derrotas.

Artilheiros em 2015:
12 gols: Paolo Guerrero; 5 gols: Jádson; 4 gols: Danilo e Elias; 3 gols: Vágner Love, Mendoza, Fábio Santos, Felipe, Emerson Sheik, Malcom e Luciano; 2 gols: Renato Augusto, Petros e Fágner; 1 gol: Romero, Bruno Henrique, Yago e Cristian.

Na história do Campeonato Brasileiro (inclusive Torneio Roberto Gomes Pedrosa):
1.262 jogos; 539 vitórias; 371 empates; 352 derrotas; 1.671 gols pró; 1.344 gols contra. No Robertão (1967-1970): 72 jogos; 37 vitórias; 17 empates; 18 derrotas; 106 gols pró; 76 gols contra. No Brasileirão (1971-2013): 1.190 jogos; 502 vitórias; 354 empates; 334 derrotas; 1.564 gols pró; 1.268 gols contra.

O Corinthians em 104 anos de história:
5.517 jogos*; 2.879 vitórias; 1.367 empates; 1.256 derrotas; 10.523 gols pró; 6.371 gols contra. Saldo: +4.152 gols.

*Dos jogos disputados pelo Corinthians desde 1910, há 15 partidas cujos resultados não foram registrados e continuam desconhecidos até hoje.

Acompanhe o Retrospecto Corinthiano no Twitter: @retrospectimao.

Siga o Retrospecto Corinthiano no Facebook.



 Escrito por Ricardo às 10h43 [] [envie esta mensagem] []






Jogo 5.516

0 x 1
O Corinthians foi a Joinville na noite deste sábado (06/06) e derrotou o lanterna do Campeonato Brasileiro fora de casa. Pela contagem mínima. Quase uma goleada.

Artilheiro do jogo:
Jádson
.

O Corinthians em 2015:
36 jogos, 22 vitórias, 8 empates, 6 derrotas, 54 gols pró, 26 gols contra.

Sob o comando de Tite:
308 jogos, 153 vitórias, 94 empates, 61 derrotas.

Artilheiros em 2015:
12 gols: Paolo Guerrero; 4 gols: Jádson, Danilo e Elias; 3 gols: Mendoza, Fábio Santos, Felipe, Emerson Sheik, Malcom e Luciano; 2 gols: Renato Augusto, Vágner Love, Petros e Fágner; 1 gol: Romero, Bruno Henrique, Yago e Cristian.

Na história do Campeonato Brasileiro (inclusive Torneio Roberto Gomes Pedrosa):
1.261 jogos; 538 vitórias; 371 empates; 352 derrotas; 1.669 gols pró; 1.343 gols contra. No Robertão (1967-1970): 72 jogos; 37 vitórias; 17 empates; 18 derrotas; 106 gols pró; 76 gols contra. No Brasileirão (1971-2013): 1.189 jogos; 501 vitórias; 354 empates; 334 derrotas; 1.562 gols pró; 1.267 gols contra.

O Corinthians em 104 anos de história:
5.516 jogos*; 2.878 vitórias; 1.367 empates; 1.256 derrotas; 10.521 gols pró; 6.370 gols contra. Saldo: +4.151 gols.

*Dos jogos disputados pelo Corinthians desde 1910, há 15 partidas cujos resultados não foram registrados e continuam desconhecidos até hoje.

Acompanhe o Retrospecto Corinthiano no Twitter: @retrospectimao.

Siga o Retrospecto Corinthiano no Facebook.



 Escrito por Ricardo às 00h36 [] [envie esta mensagem] []




[ ver mensagens anteriores ]
 


 
 




Jogos do Timão ao vivo
Mundial de Clubes 2012
Mundial de Clubes 2000
Libertadores 2012
Recopa Sul-Americana 2013
Brasileirão 2011
Copa do Brasil 2009
Paulistão 2013
Paulistão 2009
Série B 2008
Copinha 2015
Copinha 2012
Copinha 2009
Anarcorinthians
Blog da Lara
Futebol, Política e Cachaça
Corintimão
Blog da Yule
Blog do Juca Kfouri
Vertebrais FC
Na Marca da Cal
Fiel Embu
Chance de Gol
RSSSF
 
 

Dê uma nota para meu blog