Retrospecto Corinthiano


NOVO ENDEREÇO

O RETROSPECTO CORINTHIANO AGORA ESTÁ EM NOVO ENDEREÇO:

VISITE WWW.RETROSPECTOCORINTHIANO.COM.BR



 Escrito por Ricardo às 09h23 [] [envie esta mensagem] []






Novidades

O Retrospecto Corinthiano está passando por uma série de mudanças. Uma delas é um novo endereço. Para conferir as novidades, clique aqui.



 Escrito por Ricardo às 00h05 [] [envie esta mensagem] []






Jogo 5.609

1 x 1
Corinthians e São Paulo ficaram no empate por 1 x 1 na tarde deste domingo em Itaquera.

O tricolor saiu na frente aos 15 minutos, ao achar um pênalti sofrido e convertido por Cueva.

Aos 21, em um lance de oportunismo, Bruno Henrique empatou para o Timão.

O Corinthians produziu lances para virar o jogo até a metade do segundo tempo, quando o time perdeu rendimento físico e passou a sofrer um pouco pressão do São Paulo.

Mesmo assim, o jogo seguiu empatado até o fim. Foi a primeira vez que o São Paulo visitou Itaquera sem tomar um sacode.

Com o empate, a diferença para o Palmeiras volta a três pontos na busca pela liderança do Campeonato Brasileiro.

Contra o São Paulo:
Retrospecto geral*: 312 jogos, 121 vitórias, 99 empates, 92 derrotas, 458 gols pró, 410 gols contra.
Pelo Campeonato Brasileiro (1967-2016): 61 jogos, 24 vitórias, 24 empates, 13 derrotas, 72 gols pró, 55 gols contra. No Robertão (1967-1970): 4 jogos, 4 vitórias, 7 gols pró, 2 gols contra; no Brasileirão (1971-2016): 57 jogos, 20 vitórias, 24 empates, 13 derrotas, 64 gols pró, 53 gols contra.
Em Itaquera: 5 jogos, 4 vitórias, 1 empate, 14 gols pró, 4 gols contra.

Artilheiro do jogo:
Bruno Henrique
.

O Corinthians em 2016:
43 jogos, 26 vitórias, 9 empates, 8 derrotas, 75 gols pró, 30 gols contra.

Sob o comando de Cristóvão Borges:
6 jogos, 4 vitórias, 1 empate, 1 derrota.

Artilheiros em 2016:
13 gols: Romero; 8 gols: Lucca; 6 gols: André; 5 gols: Marquinhos Gabriel; 4 gols: Bruno Henrique, Rodriguinho, Guilherme e Giovanni Augusto; 3 gols: Uendel e Fágner2 gols:  Elias, Marlone, Alan Mineiro, Balbuena, Felipe e Danilo1 gol: Rildo, Luciano, Guilherme Arana, Edílson, Maycon e Yago. Contra: Kadu, da Ponte Preta, na vitória mosqueteira por 3 x 0 em 26/05/2016; Mareco, do Cerro Porteño, na vitória do Corinthians por 2 x 0 em 16/03/2016; Escalona, do Cobresal, na vitória alvinegra sobre o time chileno por 1 x 0 em 17/02/2016.

Na Arena Corinthians:
75 jogos, 56 vitórias, 15 empates, 4 derrotas, 157 gols pró, 45 gols contra.

Na história do Campeonato Brasileiro (inclusive Torneio Roberto Gomes Pedrosa):
1.307 jogos; 570 vitórias; 381 empates; 359 derrotas; 1.759 gols pró; 1.380 gols contra. No Robertão (1967-1970): 72 jogos; 37 vitórias; 17 empates; 18 derrotas; 106 gols pró; 76 gols contra. No Brasileirão (1971-2016): 1.236 jogos; 531 vitórias; 364 empates; 341 derrotas; 1.654 gols pró; 1.304 gols contra.

O Corinthians em 105 anos de história:
5.609 jogos**; 2.937 vitórias; 1.384 empates; 1.270 derrotas; 10.709 gols pró; 6.447 gols contra.

*A título de esclarecimento: O retrospecto geral do duelo é exatamente este, de 121 vitórias corinthianas, 99 empates e 92 triunfos tricolores em 312 partidas disputadas, com 458 gols mosqueteiros e 410 são-paulinos. A informação baseia-se nos Almanaques do Corinthians e do São Paulo lançados pela Placar em anos recentes. Há quem inclua erroneamente o jogo oficialmente cancelado do Brasileirão de 2005, manchado pela arbitragem de Edílson Pereira de Carvalho, juiz-ladrão confesso, e as partidas dos tempos de São Paulo da Floresta, clube que faliu na década de 1930 e que, apesar de ter dado origem ao atual São Paulo FC, não deixou de herança títulos, razão social nem seu retrospecto com outros clubes. Ou seja, a título de estatística, esses jogos não têm valor para o duelo entre Corinthians e São Paulo.

**Dos jogos disputados pelo Corinthians desde 1910, há pelo menos 18 partidas cujos resultados não foram registrados e continuam desconhecidos até hoje.

Acompanhe o Retrospecto Corinthiano no Twitter: @retrospectimao.

Siga o Retrospecto Corinthiano no Facebook.

Assista ao Retrospecto Corinthiano no YouTube.



 Escrito por Ricardo às 17h56 [] [envie esta mensagem] []






Jogo 5.582

 2 x 0 
O Corinthians derrotou o Cerro Porteño por 2 x 0 na noite desta quarta-feira em Itaquera e recuperou a liderança de seu grupo no sul-americano de várzea.

Lucca abriu o placar e deu o cruzamento cortado pela zaga que caiu nas redes no lance do segundo gol.

A arbitragem, varzeana como sempre, atribuiu os dois gols a Lucca, que assim assumiu a artilharia mosqueteira em 2016.

A apresentação alvinegra foi uma das melhores até agora em 2016, com boas atuações individuais, com óbvio destaque para Lucca, e coletiva.

Para um time em reconstrução, atuações com as últimas duas são bastante animadoras.

Contra o Cerro Porteño:
Retrospecto geral: 7 jogos, 5 vitórias, 2 derrotas, 16 gols pró, 9 gols contra.
Pela Libertadores: 6 jogos, 4 vitórias, 2 derrotas, 15 gols pró, 9 gols contra.

Artilheiro do jogo:
Lucca (2).

O Corinthians em 2016:
16 jogos, 10 vitórias, 3 empates, 3 derrotas, 22 gols pró, 12 gols contra.

Sob o comando de Tite:
359 jogos, 185 vitórias, 105 empates, 69 derrotas.

Artilheiros em 2016:
5 gols: Lucca; 4 gols: Romero; 2 gols: Danilo, André, Giovanni Augusto e Guilherme; 1 gol: Felipe, Maycon, Rodriguinho, Yago e Uendel.

O Corinthians na Libertadores:
108 jogos, 58 vitórias, 23 empates, 27 derrotas, 187 gols pró, 108 gols contra.

Na Arena Corinthians:
59 jogos, 44 vitórias, 11 empates, 4 derrotas, 117 gols pró, 36 gols contra.

Acompanhe o Retrospecto Corinthiano no Twitter: @retrospectimao.

Siga o Retrospecto Corinthiano no Facebook.



 Escrito por Ricardo às 23h47 [] [envie esta mensagem] []






Jogo 5.581

 0 x 3 
O Corinthians foi a Ribeirão Preto e derrotou o Botafogo por 3 x 0 na tarde deste domingo.

O time considerado misto voltou a jogar bem e já começo a me perguntar se não seria mais interessante usá-lo como base para a formação do time principal depois do desmanche ocorrido na virada do ano.

Seja como for, o Timão voltou a vencer e quem quer que entre em campo na quarta-feira estará mais confiante para o desafio pela frente.

O clube riberãopretense, enquanto isso, entrou para o seleto grupo de 11 times que já enfrentaram o Corinthians pelo menos 100 vezes.

Contra o Botafogo de Ribeirão Preto:
Retrospecto geral: 100 jogos, 52 vitórias, 38 empates, 10 derrotas, 180 gols pró, 90 gols contra.
Pelo Campeonato Paulista: 87 jogos, 44 vitórias, 33 empates, 10 derrotas, 150 gols pró, 76 gols contra.

Artilheiros do jogo:
Felipe, Danilo e Maycon.

O Corinthians em 2016:
15 jogos, 9 vitórias, 3 empates, 3 derrotas, 20 gols pró, 12 gols contra.

Sob o comando de Tite:
358 jogos, 184 vitórias, 105 empates, 69 derrotas.

Artilheiros em 2016:
4 gols: Romero; 3 gols: Lucca; 2 gols: Danilo, André, Giovanni Augusto e Guilherme; 1 gol: Felipe, Maycon, Rodriguinho, Yago e Uendel.

No Estádio Santa Cruz:
42 jogos, 15 vitórias, 19 empates, 8 derrotas, 60 gols pró, 39 gols contra.

Na história do Campeonato Paulista:
2.501 jogos; 1.407 vitórias; 613 empates; 481 derrotas; 5.116 gols pró; 2.726 gols contra.

Acompanhe o Retrospecto Corinthiano no Twitter: @retrospectimao.

Siga o Retrospecto Corinthiano no Facebook.



 Escrito por Ricardo às 17h58 [] [envie esta mensagem] []






Jogo 5.580

 3 x 2 
O Timão virou o primeiro tempo vencendo o Cerro Porteño por 1 x 0 na noite desta quarta-feira em Assunção, além de ter despediçado boas oportunidades para ampliar. Mas a falta de percepção de que enfrentava não apenas o adversário, mas também um trio de arbitragem caseiro e desonesto levou a duas expulsões que resultaram na virada do time paraguaio.

O atacante André e o meia Rodriguinho acabaram expulsos pelo juiz Diego Haro, que em nenhum momento puniu com o mesmo rigor faltas parecidas do time da casa. Enquanto as faltas mais duras do Cerro eram consideradas "normais", qualquer encostãozinho alvinegro virava falta, assim como qualquer carga mais forte era punida com cartão.

O Cerro chegou a abrir 3 x 1. No fim, o Corinthians diminuiu de pênalti, mas o juiz administrou a vitória paraguaia dando apenas os tradicionais três minutos de acréscimos, apesar dos quatro gols, das duas expulsões e da cera do time da casa.

O Corinthians está longe de ser um time violento e não fez nada esta noite que justificasse as ações do trio de arbitragem peruano. Os jogadores corinthianos precisam ter em mente que Libertadores é várzea e que os árbitros quase invariavelmente apitam contra os times brasileiros.

Mais anticorinthiano que o trio de arbitragem, só a narração "exclusiva" da Fox Sports. Mas isso não interfere em resultado. Só irrita a audiência.

Agora o Timão precisará da Fiel para fazer valer o fator casa para recolocar as coisas em ordem.

Artilheiros do jogo:
André e Giovanni Augusto.

O Corinthians em 2016:
14 jogos, 8 vitórias, 3 empates, 3 derrotas, 17 gols pró, 12 gols contra.

Sob o comando de Tite:
357 jogos, 183 vitórias, 105 empates, 69 derrotas.

Artilheiros em 2016:
4 gols: Romero; 3 gols: Lucca; 2 gols: 
André, Giovanni Augusto e Guilherme; 1 gol: Rodriguinho, Yago, Danilo e Uendel.

O Corinthians na Libertadores:
107 jogos, 57 vitórias, 23 empates, 27 derrotas, 185 gols pró, 108 gols contra.

Acompanhe o Retrospecto Corinthiano no Twitter: @retrospectimao.

Siga o Retrospecto Corinthiano no Facebook.



 Escrito por Ricardo às 21h32 [] [envie esta mensagem] []






Jogo 5.577

 1 x 0 
Um gol de Rodriguinho aos 46 minutos do segundo tempo garantiu a vitória do Corinthians sobre o Oeste de Itápolis na noite de ontem (27/02) em Itaquera.

Alternando altos e baixos - mais baixos do que altos, é verdade - o gol do Timão saiu da pressão sobre o adversário, que escapara do e sofrer o gol em diversas oportunidades anteriores.

Esta foi a terceira vez em 11 jogos no ano que o Corinthians venceu por 1 x 0 com um gol no fim após intensa pressão sobre o adversário.

Se, de um lado, isso mostra que o Corinthians é um time ainda em formação, mostra também que o trabalho tem produzido resultados satisfatórios. E, principalmente neste caso, bons resultados servem para dar confiança ao elenco.

Contra o Oeste de Itápolis:
Retrospecto geral: 8 jogos, 8 vitórias, 22 gols pró, 4 gols contra.
Jogo 1: 31/01/2009 - Corinthians 4 x 1 Oeste (Pacaembu, Campeonato Paulista)
Jogo 2: 24/01/2010 - Oeste 1 x 2 Corinthians (Fonte Luminosa, Campeonato Paulista)
Jogo 3: 23/03/2011 - Corinthians 3 x 0 Oeste (Pacaembu, Campeonato Paulista, fase de classificação)
Jogo 4: 23/04/2011 - Corinthians 2 x 1 Oeste (Pacaembu, Campeonato Paulista, quartas-de-final)
Jogo 5: 01/04/2012 - Oeste 0 x 3 Corinthians (Prudentão, Campeonato Paulista)
Jogo 6: 03/02/2013 - Corinthians 5 x 0 Oeste (Pacaembu, Campeonato Paulista)
Jogo 7: 19/02/2014 - Oeste 1 x 2 Corinthians (Teixeirão, Campeonato Paulista)
Jogo 8: 27/02/2016 - Corinthians 1 x 0 Oeste (Itaquera, Campeonato Paulista)

Artilheiro do jogo:
Rodriguinho.

O Corinthians em 2016:
11 jogos, 7 vitórias, 3 empates, 1 derrota, 14 gols pró, 7 gols contra.

Sob o comando de Tite:
354 jogos, 182 vitórias, 105 empates, 67 derrotas.

Artilheiros em 2016:
4 gols: Romero; 3 gols: Lucca; 
1 gol: Rodriguinho, André, Giovanni Augusto, Yago, Guilherme, Danilo e Uendel.

Na Arena Corinthians:
57 jogos, 42 vitórias, 11 empates, 4 derrotas, 114 gols pró, 36 gols contra.

Acompanhe o Retrospecto Corinthiano no Twitter: @retrospectimao.

Siga o Retrospecto Corinthiano no Facebook.



 Escrito por Ricardo às 10h31 [] [envie esta mensagem] []






Jogo 5.573

 2 x 0 
O freguês passou lá em casa hoje. E nesse passo, que volte sempre.

O Corinthians bateu o São Paulo por 2 x 0 na tarde deste domingo em Itaquera e manteve o aproveitamento total de pontos no Campeonato Paulista.

Outro dia um são-paulino veio com uma conversa de que hoje o time dele devolveria os 6 x 1. A gente até ouve, né? Mais pra manter a amizade. O infeliz pode dizer o que quiser, afinal.

O fato é que o freguês inconformado voltou. Um dos maiores fregueses da longa lista de fregueses alvinegros, o São Paulo é de longe o freguês-mor de Itaquera. A diferença é que hoje a partida, pela primeira vez, valeu pelo Campeonato Paulista.

E hoje o São Paulo passou o Palmeiras e isolou-se como terceiro clube mais derrotado pelo Corinthians na história, atrás apenas da Portuguesa e do Santos.

Tite, por sua vez, chegou hoje a 350 jogos como técnico alvinegro, assim como a sua 180ª vitória.

Enquanto isso, Tite ajusta o Corinthians e as vitórias dão confiança ao elenco.

Contra o São Paulo:
Pelo Campeonato Paulista: 163 jogos, 59 vitórias, 51 empates, 53 derrotas, 215 gols pró, 216 gols contra.

Artilheiros do jogo:
Lucca e Yago.

O Corinthians em 2016:
7 jogos, 5 vitórias, 1 empate, 1 derrota, 9 gols pró, 4 gols contra.

Sob o comando de Tite:
350 jogos, 180 vitórias, 103 empates, 67 derrotas.

Artilheiros em 2016:
4 gols: Romero; 1 gol: Lucca, Yago, Guilherme, Danilo e Uendel.

Na Arena Corinthians:
56 jogos, 41 vitórias, 11 empates, 4 derrotas, 113 gols pró, 36 gols contra.



 Escrito por Ricardo às 19h02 [] [envie esta mensagem] []






Jogo 5.572

 2 x 1 
O Corinthians bateu o Capivariano por 2 x 1 na noite desta quinta-feira em Itaquera e manteve-se como único time com aproveitamento total de pontos no Campeonato Paulista ao término de três rodadas.

Romero e Guilherme marcaram os gols da 40ª vitória alvinegra em Itaquera, mas quem apareceu mesmo foi o árbitro Marcelo Aparecido de Sousa. Aliás, o Corinthians e esses medíocres juízes aparecidos...

No início do segundo tempo, quando já estava 2 x 1, o apitador aparecido cismou de expulsar o lateral alvinegro Edílson por mandá-lo tomar no cu, segundo leitura labial do que o árbitro disse a Uendel.

Não é do meu feitio dar razão para Edílson, mas desconfio que ele não tenha sido o primeiro jogador do mundo - e nem do jogo - a mandar o aparecido juiz tomar no cu. Por que o fez? Não tenho a menor ideia. Mas se levarmos em conta a tendenciosa apitação anticorinthiana de Marcelo Aparecido, Edílson deve ter lá sua razão.

E para que não haja dúvida, é muito provável que amanhã alguém invente uma história de que esta é a nova "orientação" da ilibada Fifa, ou então da CBF, ou da FPF, ou da comissão de arbitragem. Também tenho certeza de que deve ter sido algo inédito um jogador mandar o juiz tomar no cu e sei que os atletas adversários reclamam educamente com os árbitros, com termos como "sua excelência equivocou-se". Por essas e outras, hoje faço aqui um singelo coro com Edílson.

Ei, juiz, vai tomar no cu!

Contra o Capivariano:
Retrospecto geral: 2 jogos, 2 vitórias, 5 gols pró, 3 gols contra.

Jogo 1: Capivariano 2 x 3 Corinthians - Arena Capivari - Campeonato Paulista
Jogo 2: Corinthians 2 x 1 Capivariano - Itaquera - Campeonato Paulista

Artilheiros do jogo:
Romero e 
Guilherme.

O Corinthians em 2016:
6 jogos, 4 vitórias, 1 empate, 1 derrota, 7 gols pró, 4 gols contra.

Sob o comando de Tite:
349 jogos, 179 vitórias, 103 empates, 67 derrotas.

Artilheiros em 2016:
4 gols: Romero; 1 gol: Guilherme, Danilo e Uendel.

Na Arena Corinthians:
55 jogos, 40 vitórias, 11 empates, 4 derrotas, 111 gols pró, 36 gols contra.

Acompanhe o Retrospecto Corinthiano no Twitter: @retrospectimao.

Siga o Retrospecto Corinthiano no Facebook.



 Escrito por Ricardo às 23h07 [] [envie esta mensagem] []






Jogo 5.570

 1 x 0 
O Corinthians estreou com vitória no Campeonato Paulista ao bater o XV de Piracicaba pela contagem mínima na tarde deste domingo diante de mais de 31 mil torcedores em Itaquera.

O Timão sentiu o calor e o desmanche. O jogo foi duro e ficou mais difícil depois que Rodriguinho desperdiçou um pênalti no primeiro tempo. O gol, marcado por Romero, saiu nos acréscimos da etapa complementar.

A Fiel precisará ter um pouco de paciência, mas a situação deve melhorar quando o elenco pegar ritmo e os reforços, alguns deles muito interessantes, começarem a ser incorporados ao time.

Contra o XV de Piracicaba:
Retrospecto geral: 76 jogos, 47 vitórias, 20 empates, 9 derrotas, 159 gols pró, 79 gols contra.
Pelo Campeonato Paulista: 72 jogos, 44 vitórias, 20 empates, 8 derrotas, 150 gols pró, 74 gols contra.

Artilheiro do jogo:
Romero.

O Corinthians em 2016:
4 jogos, 2 vitórias, 1 empate, 1 derrota, 4 gols pró, 3 gols contra.

Sob o comando de Tite:
347 jogos, 177 vitórias, 103 empates, 67 derrotas.

Artilheiros em 2016:
3 gols: Romero; 1 gol: Danilo.

Na Arena Corinthians:
54 jogos, 39 vitórias, 11 empates, 4 derrotas, 109 gols pró, 35 gols contra.

Acompanhe o Retrospecto Corinthiano no Twitter: @retrospectimao.

Siga o Retrospecto Corinthiano no Facebook.



 Escrito por Ricardo às 19h05 [] [envie esta mensagem] []






Timãozinho acaba vice-campeão invicto da Copinha

Corinthians e Flamengo protagonizaram nesta segunda-feira uma das melhores finais de Copa São Paulo de Júniores a que já tive a oportunidade de assistir. Infelizmente, na disputa por pênaltis, três cobranças desperdiçadas na sequência impediram o Timãozinho de conquistar seu décimo título na mais importante competição de futebol de base do Brasil.

O Timãozinho abriu 2 x 0 ainda na primeira metade do primeiro tempo. Na segunda etapa, o Menguinho teve um gol mal anulado logo no começo e precisou de menos de dez minutos para empatar. Do início ao fim da partida, os dois times desperdiçaram oportunidades a rodo e qualquer um que vencesse seria merecedor do título.

É importante lembrar que o Timãozinho foi finalista em quatro das últimas cinco decisões da Copinha e que a deste ano foi a terceira final seguida. O fato de ter sido vice-campeão invicto diz muito sobre o elenco. Mais importante ainda é que muitos dos aspirantes têm potencial para fazer história no time principal.

Obviamente, é impossível prever quem pode dar certo ou não, e é preciso paciência e sabedoria na hora de elevá-los ao profissional, mas bons nomes não faltam. Para citar alguns, eu destacaria o volante Maycon, os atacantes Claudinho, Gabriel Vasconcelos e Matheus Pereira, o lateral Léo Príncipe, o zagueiro Vinícius Del'Amore e o goleiro Filipe. E isso dá mais de meio time.

Que eles possam agora aprender as lições necessárias com a perda do título e fazer sucesso no profissional.



 Escrito por Ricardo às 12h29 [] [envie esta mensagem] []






Jogo 5.569

 0 x 0 
O Corinthians encerrou nesta sábado sua pré-temporada nos Estados Unidos com um empate sem gols com o Fort Lauderdale Strikers.

Como o jogo não passou inteiro por alegados problemas técnicos, não dá pra opinar. Dizem que o amistoso terminou 0 x 0. Então beleza.

Acompanhei os lances pelos placares ao vivo da vida, mas não dá pra ter a menor ideia do que realmente aconteceu.

O time norte-americano sagrou-se hoje o 530º clube a enfrentar o Corinthians na história.

Contra o Fort Lauderdale Strikers:
1 jogo, 1 empate, nenhum gol pró, nenhum gol contra.

O Corinthians em 2016:
3 jogos, 1 vitória, 1 empate, 1 derrota, 3 gols pró, 3 gols contra.

Sob o comando de Tite:
346 jogos, 176 vitórias, 103 empates, 67 derrotas.

Artilheiros em 2016:
2 gols: Romero; 1 gol: Danilo.

Acompanhe o Retrospecto Corinthiano no Twitter: @retrospectimao.

Siga o Retrospecto Corinthiano no Facebook.



 Escrito por Ricardo às 19h01 [] [envie esta mensagem] []






Timãozinho bate Cruzeiro e vai à final da Copinha

O Timãozinho derrotou o Cruzeiro por 2 x 1, de virada, na noite desta sexta-feira e classificou-se pelo terceiro ano consecutivo para a decisão da Copa São Paulo de Júniores.

O público da semifinal de hoje em Itaquera passou de 27 mil pessoas.

O adversário do Corinthians na final será o Flamengo, que bateu o América-MG por 2 x 1, também de virada.

O Corinthians disputará na próxima segunda-feira sua 17ª final de Copinha e buscará o décimo título.

*Atualizado às 11h17 de 23/01/2016



 Escrito por Ricardo às 21h25 [] [envie esta mensagem] []






Jogo 5.568

 3 x 2 
Foi de Danilo o primeiro gol do Corinthians em 2016. O paraguaio Romero marcou os outros dois gols da vitória por 3 x 2 sobre o Shaktar Donetsk na noite desta quarta-feira em Orlando.

O Shaktar, a propósito, sagrou-se hoje o 529º clube a enfrentar o Corinthians na história. Esta foi a primeira vez que o Timão enfrentou um clube da Ucrânia.

O mais importante é ver o Corinthians, em início de temporada, com o elenco em reconstrução, vencer um time que está no meio da temporada na Europa.

Contra o Shaktar Donetsk:
1 jogo, 1 vitória, 3 gols pró, 2 gols contra.

Artilheiros do jogo:
Romero (2) e Danilo.

O Corinthians em 2016:
2 jogos, 1 vitória, 1 derrota, 3 gols pró, 3 gols contra.

Sob o comando de Tite:
345 jogos, 176 vitórias, 102 empates, 67 derrotas.

Artilheiros em 2016:
2 gols: Romero; 1 gol: Danilo.

Acompanhe o Retrospecto Corinthiano no Twitter: @retrospectimao.

Siga o Retrospecto Corinthiano no Facebook.



 Escrito por Ricardo às 23h42 [] [envie esta mensagem] []






Timãozinho volta a golear e avança às semifinais da Copinha

O Timãozinho voltou a golear nesta terça-feira. Em mais um show de bola e de raça, os aspirantes a craques alvinegros derrotaram o Ituano por 6 x 1 e avançaram às semifinais da Copa São Paulo de Júniores.

Até o jogo desta noite, o Ituano havia sofrido apenas cinco gols na competição. Só hoje foram seis.

O adversário do Timãozinho na semifinal será o Cruzeiro.



 Escrito por Ricardo às 23h01 [] [envie esta mensagem] []




[ ver mensagens anteriores ]
 


 
 




Jogos do Timão ao vivo
Mundial de Clubes 2012
Mundial de Clubes 2000
Libertadores 2012
Recopa Sul-Americana 2013
Brasileirão 2011
Copa do Brasil 2009
Paulistão 2013
Paulistão 2009
Série B 2008
Copinha 2015
Copinha 2012
Copinha 2009
Anarcorinthians
Blog da Lara
Futebol, Política e Cachaça
Corintimão
Blog da Yule
Blog do Juca Kfouri
Vertebrais FC
Na Marca da Cal
Fiel Embu
Chance de Gol
RSSSF
 
 

Dê uma nota para meu blog