Retrospecto Corinthiano


Jogo 5.565

 2 x 0 
Depois de conquistar o hexa e aplicar uma goleada histórica no São Paulo, o mistão do Corinthians foi neste domingo ao Recife e perdeu para o Sport na Arena Pernambuco.

A derrota adiou para a última rodada a possibilidade de o Timão isolar-se com a melhor campanha da história do Brasileirão por pontos corridos com vinte clubes.

O Corinthians na Arena Pernambuco:
2 jogos, 2 derrotas, nenhum gol pró, 3 gols contra.



 Escrito por Ricardo às 23h24 [] [envie esta mensagem] []






Jogo 5.564

 6 x 1 
Hexacampeão brasileiro, a única coisa que faltava na campanha do título deste ano era uma goleada. E ela veio hoje, em Itaquera, no jogo das faixas. Foram seis gols para comemorar o hexa. Só não foi mais perfeito porque Rogério Ceni não estava lá para tomar o centésimo gol do Timão em jogos profissionais.

O 6 x 1 deste domingo em cima do São Paulo não é só a maior goleada da história do confronto. É também a maior goleada do Timão em Itaquera até agora. De quebra, torna o São Paulo o freguês-mor da Arena Corinthians.

Além da goleada recorde, o Corinthians igualou o recorde de 80 pontos conquistados no Brasileirão. Antes do Timão, só o Cruzeiro havia alcançado tamanha pontuação no Campeonato Brasileiro por pontos corridos com 20 clubes. Com seis pontos ainda em disputa, é provável que o Corinthians supere esse recorde.

Também já é a campanha de título com melhor aproveitamento de pontos da história do Corinthians, superando a de 1999.

O que se viu na tarde deste domingo foi sintomático dos momentos vividos por Corinthians e São Paulo. Instável, o São Paulo entrou apático no gramado de Itaquera. Já o Timão, mesmo iniciando com apenas três jogadores que estiveram em campo contra o Vasco, entrou pilhado e abriu 3 x 0 já no primeiro tempo.

A vitória mostrou que o Corinthians, hoje, não tem reservas, mas um elenco que dá conta de qualquer situação.

Raras vezes na história o Brasileirão teve um campeão tão merecedor do título quanto o Corinthians em 2015.

Artilheiros do jogo:
Romero (2), Bruno Henrique, Edu DracenaLucca e Cristian.

O Corinthians em 2015:
69 jogos, 44 vitórias, 15 empates, 10 derrotas, 122 gols pró, 53 gols contra.

Sob o comando de Tite:
341 jogos, 175 vitórias, 101 empates, 65 derrotas.

Artilheiros em 2015:
16 gols: Jádson; 15 gols: Vágner Love; 12 gols: Paolo Guerrero; 9 gols: Elias; 8 gols: Malcom e Luciano; 7 gols: Renato Augusto; 4 gols: Romero, Felipe e Danilo; 3 gols: Lucca, Rodriguinho, Mendoza, Fábio Santos e Emerson Sheik; 2 gols: Edu DracenaBruno Henrique, Cristian, Gil, Uendel, Petros e Fágner; 1 gol: Guilherme Arana, Marciel, Ralf e Yago. Contra: Amaral, do Palmeiras, no empate por 3 x 3 em 06/09/2015; Samuel Xavier, do Sport Recife, na vitória alvinegra por 4 x 3 em 12/08/2015.

Na Arena Corinthians:
52 jogos, 38 vitórias, 10 empates, 4 derrotas, 107 gols pró, 34 gols contra.

Na história do Campeonato Brasileiro (inclusive Torneio Roberto Gomes Pedrosa):
1.291 jogos; 559 vitórias; 378 empates; 354 derrotas; 1.733 gols pró; 1.366 gols contra. No Robertão (1967-1970): 72 jogos; 37 vitórias; 17 empates; 18 derrotas; 106 gols pró; 76 gols contra. No Brasileirão (1971-2013): 1.219 jogos; 522 vitórias; 361 empates; 336 derrotas; 1.628 gols pró; 1.290 gols contra.

O Corinthians em 105 anos de história:
5.549 jogos*; 2.900 vitórias; 1.372 empates; 1.260 derrotas; 10.590 gols pró; 6.397 gols contra. Saldo: +4.193 gols.

*Dos jogos disputados pelo Corinthians desde 1910, há 15 partidas cujos resultados não foram registrados e continuam desconhecidos até hoje.

Acompanhe o Retrospecto Corinthiano no Twitter: @retrospectimao.

Siga o Retrospecto Corinthiano no Facebook.



 Escrito por Ricardo às 19h00 [] [envie esta mensagem] []






Corinthians é hexacampeão brasileiro

 1 x 1 
É hexa, Fiel torcida corinthiana!

É hexa!

O inevitável aconteceu.

Há exato um ano parecia utópico esperar que o Corinthians iria se recuperar.

Hoje sabemos que a volta de Tite foi fundamental para o Timão voltar a ser o melhor time do Brasil.

Houve quem preferisse segurar o grito de campeão até que o título se confirmasse matematicamente.

Agora acabou. Pode soltar o grito.

O Corinthians é campeão brasileiro. De novo.

E agora São Januário entra para a lista de palcos de títulos importantes conquistados pelo Timão ao longo de 105 anos de história.

Contra o Vasco da Gama:
Retrospecto geral: 114 jogos, 44 vitórias, 34 empates, 36 derrotas, 163 gols pró, 156 gols contra.
Pelo Campeonato Brasileiro (1967-2015): 54 jogos, 19 vitórias, 22 empates, 13 derrotas, 64 gols pró, 60 gols contra.
No Robertão (1967-1970): 4 jogos, 4 vitórias, 9 gols pró, 3 gols contra; no Brasileirão (1971-2015): 50 jogos, 15 vitórias, 22 empates, 13 derrotas, 55 gols pró, 57 gols contra.

Artilheiro do jogo:
Vágner Love.

O Corinthians em 2015:
68 jogos, 43 vitórias, 15 empates, 10 derrotas, 116 gols pró, 52 gols contra.

Sob o comando de Tite:
340 jogos, 174 vitórias, 101 empates, 65 derrotas.

Artilheiros em 2015:
16 gols: Jádson; 15 gols: Vágner Love; 12 gols: Paolo Guerrero; 9 gols: Elias; 8 gols: Malcom e Luciano; 7 gols: Renato Augusto; 4 gols: Felipe e Danilo; 3 gols: Rodriguinho, Mendoza, Fábio Santos e Emerson Sheik; 2 gols: Lucca, Gil, Uendel, Romero, Petros e Fágner; 1 gol: Edu Dracena, Guilherme Arana, Marciel, Ralf, Bruno Henrique, Yago e Cristian. Contra: Amaral, do Palmeiras, no empate por 3 x 3 em 06/09/2015; Samuel Xavier, do Sport Recife, na vitória alvinegra por 4 x 3 em 12/08/2015.

Na história do Campeonato Brasileiro (inclusive Torneio Roberto Gomes Pedrosa):
1.290 jogos; 558 vitórias; 378 empates; 354 derrotas; 1.727 gols pró; 1.365 gols contra. No Robertão (1967-1970): 72 jogos; 37 vitórias; 17 empates; 18 derrotas; 106 gols pró; 76 gols contra. No Brasileirão (1971-2013): 1.218 jogos; 521 vitórias; 361 empates; 336 derrotas; 1.622 gols pró; 1.289 gols contra.

O Corinthians em 105 anos de história:
5.548 jogos*; 2.899 vitórias; 1.372 empates; 1.260 derrotas; 10.584 gols pró; 6.396 gols contra. Saldo: +4.188 gols.

*Dos jogos disputados pelo Corinthians desde 1910, há 15 partidas cujos resultados não foram registrados e continuam desconhecidos até hoje.

Acompanhe o Retrospecto Corinthiano no Twitter: @retrospectimao.

Siga o Retrospecto Corinthiano no Facebook.



 Escrito por Ricardo às 00h18 [] [envie esta mensagem] []






Jogo 5.562

 2 x 1 
Falta pouco para o hexacampeonato brasileiro, torcida corinthiana. Muito pouco.

O Corinthians derrotou o Coritiba por 2 x 1 na noite deste sábado em Itaquera e iniciou a contagem regressiva para o título.

Qualquer ponto que o Atlético Mineiro perca ou qualquer ponto que o Corinthians ganhe a partir de agora garantirá o hexa.

O Timão venceu mesmo jogando mal. As jogadas não fluíam como de costume. Parece que o elenco foi contagiado pelo oba-oba da mídia e da torcida. Mas Jádson, de pênalti, assinalou o centésimo gol do Corinthians em Itaquera ao abrir o placar.

Ameaçado pelo rebaixamento, o Coritiba correu hoje à noite tudo o que não correu o campeonato inteiro. E ainda deu a sorte de achar um gol de empate no início do segundo tempo. Mas, time pequeno que é, entrou numas de fazer cera. E teve o que mereceu.

Quando parecia que o Corinthians iria precisar de mais uma vitória ainda para o hexa, Edílson cruzou, Danilo desviou de cabeça e Lucca, novamente, mostrou que tem estrela. Depois de abrir o caminho para a vitória sobre o Santos e marcar um golaço contra o Atlético-MG, hoje ele fez aquele que pode ter sido o gol do título.

Só uma tragédia seria capaz de evitar isso.

Artilheiros do jogo:
Jádson e Lucca.

O Corinthians em 2015:
67 jogos, 43 vitórias, 14 empates, 10 derrotas, 115 gols pró, 51 gols contra.

Sob o comando de Tite:
339 jogos, 174 vitórias, 100 empates, 65 derrotas.

Artilheiros em 2015:
16 gols: Jádson; 14 gols: Vágner Love; 12 gols: Paolo Guerrero; 9 gols: Elias; 8 gols: Malcom e Luciano; 7 gols: Renato Augusto; 4 gols: Felipe e Danilo; 3 gols: Rodriguinho, Mendoza, Fábio Santos e Emerson Sheik; 2 gols: Lucca, Gil, Uendel, Romero, Petros e Fágner; 1 gol: Edu Dracena, Guilherme Arana, Marciel, Ralf, Bruno Henrique, Yago e Cristian. Contra: Amaral, do Palmeiras, no empate por 3 x 3 em 06/09/2015; Samuel Xavier, do Sport Recife, na vitória alvinegra por 4 x 3 em 12/08/2015.

Na Arena Corinthians:
51 jogos, 37 vitórias, 10 empates, 4 derrotas, 101 gols pró, 33 gols contra.

Na história do Campeonato Brasileiro (inclusive Torneio Roberto Gomes Pedrosa):
1.289 jogos; 558 vitórias; 377 empates; 354 derrotas; 1.726 gols pró; 1.364 gols contra. No Robertão (1967-1970): 72 jogos; 37 vitórias; 17 empates; 18 derrotas; 106 gols pró; 76 gols contra. No Brasileirão (1971-2013): 1.217 jogos; 521 vitórias; 360 empates; 336 derrotas; 1.621 gols pró; 1.288 gols contra.

O Corinthians em 105 anos de história:
5.547 jogos*; 2.899 vitórias; 1.371 empates; 1.260 derrotas; 10.583 gols pró; 6.395 gols contra. Saldo: +4.188 gols.

*Dos jogos disputados pelo Corinthians desde 1910, há 15 partidas cujos resultados não foram registrados e continuam desconhecidos até hoje.

Acompanhe o Retrospecto Corinthiano no Twitter: @retrospectimao.

Siga o Retrospecto Corinthiano no Facebook.



 Escrito por Ricardo às 21h49 [] [envie esta mensagem] []






Jogo 5.561

 0 x 3 
Queriam uma final? Tomem uma final. De galo, o Clube Patético Mineiro não passou de um frango atropelado na tarde deste domingo no Estádio Independência.

Que jogo! Que atuação! Que time tem o Corinthians hoje!

Tão bom que quebrou o jejum de dez jogos sem vencer com Héber Roberto Lopes no apito.

Três a zero. No vice-líder. Fora de casa. A cinco rodadas do fim do campeonato.

Agora são 11 pontos de vantagem sobre o Atlético restando 15 em disputa.

O Timão hoje botou a segunda mão na taça. Só falta erguer.

E ninguém se espante se o Grêmio acabar vice-campeão.

Artilheiros do jogo:
Malcom, Vágner Love e Lucca.

O Corinthians em 2015:
66 jogos, 42 vitórias, 14 empates, 10 derrotas, 113 gols pró, 50 gols contra.

Sob o comando de Tite:
338 jogos, 173 vitórias, 100 empates, 65 derrotas.

Artilheiros em 2015:
15 gols: Jádson; 14 gols: Vágner Love; 12 gols: Paolo Guerrero; 9 gols: Elias; 8 gols: Malcom e Luciano; 7 gols: Renato Augusto; 4 gols: Felipe e Danilo; 3 gols: Rodriguinho, Mendoza, Fábio Santos e Emerson Sheik; 2 gols: Gil, Uendel, Romero, Petros e Fágner; 1 gol: Lucca, Edu Dracena, Guilherme Arana, Marciel, Ralf, Bruno Henrique, Yago e Cristian. Contra: Amaral, do Palmeiras, no empate por 3 x 3 em 06/09/2015; Samuel Xavier, do Sport Recife, na vitória alvinegra por 4 x 3 em 12/08/2015.

Na história do Campeonato Brasileiro (inclusive Torneio Roberto Gomes Pedrosa):
1.288 jogos; 557 vitórias; 377 empates; 354 derrotas; 1.724 gols pró; 1.363 gols contra. No Robertão (1967-1970): 72 jogos; 37 vitórias; 17 empates; 18 derrotas; 106 gols pró; 76 gols contra. No Brasileirão (1971-2013): 1.216 jogos; 520 vitórias; 360 empates; 336 derrotas; 1.619 gols pró; 1.287 gols contra.

O Corinthians em 105 anos de história:
5.546 jogos*; 2.898 vitórias; 1.371 empates; 1.260 derrotas; 10.581 gols pró; 6.394 gols contra. Saldo: +4.187 gols.

*Dos jogos disputados pelo Corinthians desde 1910, há 15 partidas cujos resultados não foram registrados e continuam desconhecidos até hoje.

Acompanhe o Retrospecto Corinthiano no Twitter: @retrospectimao.

Siga o Retrospecto Corinthiano no Facebook.



 Escrito por Ricardo às 18h56 [] [envie esta mensagem] []




[ ver mensagens anteriores ]
 


 
 




Jogos do Timão ao vivo
Mundial de Clubes 2012
Mundial de Clubes 2000
Libertadores 2012
Recopa Sul-Americana 2013
Brasileirão 2011
Copa do Brasil 2009
Paulistão 2013
Paulistão 2009
Série B 2008
Copinha 2015
Copinha 2012
Copinha 2009
Anarcorinthians
Blog da Lara
Futebol, Política e Cachaça
Corintimão
Blog da Yule
Blog do Juca Kfouri
Vertebrais FC
Na Marca da Cal
Fiel Embu
Chance de Gol
RSSSF
 
 

Dê uma nota para meu blog